Dólar Comercial
CUIABÁ
  ÚLTIMAS NOTÍCIAS

EDUCAÇÃO

Faetec do Rio abre mais de 30 mil vagas em cursos profissionalizantes

Publicados

EDUCAÇÃO

A Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica) do Rio abriu mais de 30 mil vagas em diversas áreas de tecnologia, educação e cultura, em cursos gratuitos de qualificação profissional, em diferentes unidades da rede. A inscrição começou na última segunda-feira (10) e vai até 1º de fevereiro.

O destaque do edital são os cursos oferecidos para área de cultura, como os de música com aulas de diversos instrumentos, e a retomada de capacitações no formato de ensino a distância.

Cursos com grande demanda e pouca oferta de mão de obra também serão ofertados, como: Auxiliar de Topografia, em Vassouras; Autor e Roteirista, na Faetec de Volta Redonda; Leitura Dramatizada, na Faetec Ipanema; e Cadista Para Construção Civil, nas Faetecs de Armação dos Búzios e Barra Mansa.

No edital do site é possível encontrar outros cursos de qualificação que estão sendo oferecidos ao público.

Todos que tiverem interesse em disputar uma vaga devem se inscrever por meio do site da Faetec. Ao todo, são 43 unidades com mais de 50 cursos de capacitação profissional, com duração de 10 a 20 semanas.

Leia Também:  Comissão vota na quinta obrigatoriedade de exames médicos para crianças do ensino fundamental

Para se candidatar, é preciso ter idade mínima entre 15 e 18 anos, de acordo com a exigência de cada formação. A escolaridade e o prazo de conclusão também variam, dependendo da qualificação escolhida.

O processo seletivo será feito por meio de sorteio em 02 de fevereiro, e a listagem completa de selecionados será publicada no mesmo dia. Após a divulgação, os candidatos terão entre os dias 03 a 08 de fevereiro para efetuarem suas matrículas. As aulas terão início no dia 14 de fevereiro.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EDUCAÇÃO

Rede estadual não exigirá comprovante de vacinação contra a Covid-19 para volta às aulas

Publicados

em

As crianças e adolescentes de Mato Grosso não precisarão apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19 para retornar às aulas presenciais na rede estadual de ensino em Mato Grosso. Segundo o governador Mauro Mendes (DEM), somente uma lei federal poderia fazer tal determinação.

No Estado, o ano letivo iniciará no dia 07 de fevereiro de 2022 e será concluído no dia 16 dezembro de 2022. Os servidores efetivos retornam no dia 20 de janeiro, quando inicia a semana pedagógica, momento de planejamento das atividades.

“Eu não vou adotar essa linha da exigência, nenhum governador… somente com força de lei federal pode-se criar esse tipo de exigência. O que eu vou fazer como governador é continuar mostrando dados, informações verdadeiras que se tem disponível aqui em Mato Grosso, no Brasil e no mundo que mostra que grande parte das pessoas que estão morrendo é porque não tomaram vacina ou tomaram apenas uma dose”, afirmou o governador, em evento da Secretaria de Educação na noite desta terça-feira (18).

Mauro argumentou que tentará convencer a população a se vacinar e a vacinar seus filhos por meio da informação, mas não pela exigência. “A vacina tem sim salvado a vida das pessoas, a vacina tem sido capaz de provocar essa grande redução que vivenciamos e mesmo agora diante desse grande aumento de casos, estamos vendo que a letalidade e numero de internação é muito menor do que agora já foi”, disse.

Leia Também:  Concurso cultural vai premiar unidades educacionais

Neste ano será implementado em Mato Grosso o Novo Ensino Médio para os estudantes do 1º ano. A carga horária mínima será 1.000 horas, distribuídas por um mínimo de 200 (duzentos) dias letivos. Semelhante ao planejamento de anos anteriores, o Ensino Fundamental e as turmas de 2º e 3º ano do Ensino Médio terão carga mínima de 800 horas.

O recesso escolar do meio do ano será do dia 11 a 25 de julho. Já o recesso do fim do ano será de 19 de dezembro de 2022 a 17 de janeiro de 2023. As datas valem para alunos e servidores que estão exercendo as funções de regência de turma, articulação da aprendizagem, sala de recursos multifuncionais, intérprete de libras, instrutor surdo, auxiliar de turmas e motoristas dos ônibus escolares lotados nas escolas estaduais especializadas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA