Dólar Comercial
CUIABÁ
  ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPORTE

Com pênalti polêmico, São Paulo vence Cuiabá no Morumbi

Publicados

ESPORTE

De virada, o São Paulo venceu o Cuiabá por 2 a 1 hoje (15), no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Dourado abriu o placar no primeiro tempo com Jenison. Calleri e Nikão viraram para o Tricolor na etapa final.

O São Paulo melhorou com as substituições do técnico Rogério Ceni. André Anderson e Nikão começaram no banco de reservas, mas entraram no segundo tempo e foram decisivos. André sofreu o pênalti convertido por Calleri após lançamento de Nikão. Nikão ainda fez o segundo gol do Tricolor no jogo e seu primeiro pelo clube.

A arbitragem de Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ) gerou revolta no Cuiabá. O pênalti de Marllon em André Anderson foi polêmico. E, antes da virada do São Paulo aos 36 minutos, Jonathan Cafú foi expulso por solada em Arboleda aos 29. Num primeiro momento, o juiz não deu nem cartão amarelo e depois foi ao vídeo para mudar sua decisão e expulsar Cafú.

Com a vitória, o São Paulo sobe para o terceiro lugar do Brasileirão, com 11 pontos. Ainda sem técnico depois da demissão de Pintado, o Cuiabá é o 13º na tabela, com sete pontos somados.

O São Paulo voltará a campo para enfrentar o Jorge Wilstermann na quinta-feira (19), novamente no Morumbi. O Tricolor está na liderança com cinco pontos à frente do Everton (CHI) está perto da classificação. Já eliminado, o Cuiabá visitará o River Plate (URU) na quarta.

Quem foi bem: Arboleda, Patrick, Nikão e André Anderson
Patrick foi o mais perigoso do ataque e levou a melhor várias vezes pela ponta esquerda até cansar e ser substituído no segundo tempo. Vários dos bons cruzamentos não foram aproveitados pelos demais atacantes. Rogério Ceni colocou André Anderson no intervalo e Nikão aos 15. A dupla melhorou o rendimento do São Paulo. Nikão lançou André no pênalti e fez o segundo gol, o primeiro dele pelo São Paulo. Arboleda foi bem na defesa e no ataque outra vez.

Leia Também:  Fluminense bate Atlético-MG em jogo eletrizante com oito gols e confusão

Quem foi mal: Luciano
O atacante ganhou oportunidade como titular, mas foi super discreto e deu lugar a Eder na etapa final.

O jogo do São Paulo: mexidas certeiras
O Tricolor apostou demais nas jogadas pelas pontas, principalmente pelo lado esquerdo, e pouco construiu por dentro. O desempenho melhorou com as entradas de André Anderson, Nikão e Eder no segundo tempo, oferecendo maior rotação ao ataque dos donos da casa e chegada pelos dois lados do campo.

Pênalti?
O gol de empate do São Paulo saiu em pênalti polêmico. Num primeiro momento, o Tricolor reclamou de toque no braço de Marcão Silva. O lance seguiu, o São Paulo se rearmou e Nikão lançou André Anderson, que recebeu leve toque de Marllon e caiu na área. Calleri converteu a penalidade máxima aos 20 minutos.

A reclamação do Cuiabá foi ainda maior pois Jonathan Cafú foi expulso no minuto 29. A princípio, o árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ) não deu nem cartão amarelo. Ao rever o lance, expulsou o atacante por uma solada em Arboleda. Em 10 minutos, o Cuiabá foi da vitória parcial para o empate com um a menos. O sistema defensivo não resistiu e levou a virada com Nikão aos 36.

Trapalhada
O gol do Cuiabá veio de uma jogada digna de ‘Os Trapalhões’. Pepê tocou em profundidade, Léo saiu do seu setor e tentou de carrinho onde Arboleda estavam. Ambos se chocaram e a bola sobrou limpa para Alesson. O atacante acertou a trave, mas Jenison fez no rebote.

Leia Também:  União vence Nova Mutum por 1 a 0 e sobe na tabela do campeonato

“A verdade é que estou em boa fase. Quando um jogador está em boa fase, tem que aproveitar. Nem sempre é assim. Estou com confiança, hoje pude fazer um gol de pênalti, que não batia faz muito tempo também. Quando um jogador está desse jeito, tem que aproveitar. São seis gols em seis jogos, mas ainda tenho muito a melhorar, o time tem muito a melhorar”, disse Calleri.

“Temos que conseguir fazer o que fazemos no treino. É difícil, sim, mas acho que o time vai estar confiante com a virada, temos um grande jogo na quinta, para fechar a classificação e poder jogar da forma como o Rogério quer, porque acho que ainda tem muito a melhorar”, completou.

Calleri também fez uma comparação com sua primeira passagem pelo São Paulo, em 2016. Em sua visão, hoje é um jogador com uma leitura mais apurada do que fazer em campo.

“Sabia que era um contrato bem curto, e era muito menino. Agora, sou um jogador mais pensante. Acho que corro muito menos que antes, mas corro de forma mais inteligente. Busco me colocar na área, e temos jogadores que estão muito bem nos passes. Eu gosto muito do Welington e do Reinaldo, quando cruzam. Com o Rafinha, foi o gol contra o Flamengo. O camisa 9 tem que fazer gol de qualquer jeito. Hoje, com 28 anos, sou mais experiente e sei me posicionar melhor na área”, finalizou.

Com o resultado, o São Paulo chegou aos 11 pontos, na terceira posição. O time volta a campo na quinta, pela Copa Sul-Americana, contra o Jorge Wilstermann-BOL, às 21h30 (horário de Brasília), no Morumbi.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTE

Cuiabá tem jogo difícil contra o Avaí neste domingo em Florianópolis

Publicados

em

De olho no topo da tabela, o Avaí recebe neste domingo (3) o Cuiabá pela 15ª rodada do Brasileiro, na Ressacada, em Florianópolis (SC). Uma vitória do time catarinense o coloca na parte de cima da tabela e ainda o aproxima do G6.

Do lado do time mato-grossense, a situação já é mais delicada. A equipe precisa voltar a ganhar para sair do Z4, e mesmo se vencer neste fim de semana, ainda depende de uma combinação de resultados com derrotas de América-MG e Coritiba para escapar da zona de rebaixamento ainda nesta rodada.

O time de casa não terá à disposição William Pottker, fora por suspensão. Morato deve jogar no seu lugar. A equipe do Avaí, comandada por Eduardo Barroca, deve entrar em campo com: Douglas; Kevin, Bressan, Arthur e Cortez; Raniele, Eduardo e Bruno Silva; Morato, Muriqui e Bissoli.

Do lado do time auriverde, o técnico Antônio Oliveira não poderá contar com Pepê e André Felipe, que se recuperam de lesões. Alan Empereur cumpre suspensão e também não jogará. Com ajustes, a equipe deve ter: Walter; João Lucas, Paulão, Marllon e Uendel; Camilo, Rafael Gava e Kelvin Osorio; André Luís, Felipe Marques e Elton.

Leia Também:  Operação da PF e PM prende caminhoneiro e apreende carga de 1 tonelada de cocaína avaliada em R$ 25 milhões

Após o confronto em Santa Catarina, ambas equipes terão dias livres durante a semana. O Avaí volta a jogar no próximo sábado (9) contra o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, enquanto o Cuiabá recebe o Botafogo em casa, no domingo (10).

Estádio: Ressacada, Florianópolis (SC)

Horário: 11H (de Brasília) deste domingo (3)

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Transmissão: Premiere

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA