Dólar Comercial
CUIABÁ
  ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPORTE

Cuiabá tem jogo difícil contra o Avaí neste domingo em Florianópolis

Publicados

ESPORTE

De olho no topo da tabela, o Avaí recebe neste domingo (3) o Cuiabá pela 15ª rodada do Brasileiro, na Ressacada, em Florianópolis (SC). Uma vitória do time catarinense o coloca na parte de cima da tabela e ainda o aproxima do G6.

Do lado do time mato-grossense, a situação já é mais delicada. A equipe precisa voltar a ganhar para sair do Z4, e mesmo se vencer neste fim de semana, ainda depende de uma combinação de resultados com derrotas de América-MG e Coritiba para escapar da zona de rebaixamento ainda nesta rodada.

O time de casa não terá à disposição William Pottker, fora por suspensão. Morato deve jogar no seu lugar. A equipe do Avaí, comandada por Eduardo Barroca, deve entrar em campo com: Douglas; Kevin, Bressan, Arthur e Cortez; Raniele, Eduardo e Bruno Silva; Morato, Muriqui e Bissoli.

Do lado do time auriverde, o técnico Antônio Oliveira não poderá contar com Pepê e André Felipe, que se recuperam de lesões. Alan Empereur cumpre suspensão e também não jogará. Com ajustes, a equipe deve ter: Walter; João Lucas, Paulão, Marllon e Uendel; Camilo, Rafael Gava e Kelvin Osorio; André Luís, Felipe Marques e Elton.

Leia Também:  Polícia indiciou por homicídio culposo 11 funcionários pela morte do adolescente Daniel

Após o confronto em Santa Catarina, ambas equipes terão dias livres durante a semana. O Avaí volta a jogar no próximo sábado (9) contra o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, enquanto o Cuiabá recebe o Botafogo em casa, no domingo (10).

Estádio: Ressacada, Florianópolis (SC)

Horário: 11H (de Brasília) deste domingo (3)

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Transmissão: Premiere

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTE

Felipão desafia Flamengo em busca de nova façanha

Publicados

em

Se a Copa do Brasil precisasse ser definida por um único treinador, este seria Luiz Felipe Scolari. O atual comandante do Athletico Paranaense é o maior campeão da história da competição, com quatro taças em cinco finais, além de ter 100 jogos pelo torneio e um aproveitamento de respeito: se passar pelo Flamengo nesta quarta-feira, 17, a partir das 21h30 (de Brasília), na Arena da Baixada, chegará à sua nona semifinal em 15 participações.

O primeiro dos quatro títulos de Felipão veio em 1991, com o surpreendente Criciúma, batendo na final o Grêmio. Já pelo Tricolor gaúcho, o treinador ganhou a edição de 1994 e foi vice em 1995, quando perdeu a decisão para o Corinthians. As outras duas taças vieram pelo Palmeiras: em 1998, com um timaço cuja base seria campeã da Libertadores no ano seguinte, e em 2012, com uma equipe desacreditada – e que, inclusive, seria rebaixada à Série B do Brasileiro no mesmo ano.

No total, Felipão tem 100 partidas pela Copa do Brasil, com 59 vitórias, 26 empates e 15 derrotas. O último desses jogos foi o duelo de ida contra o Flamengo pelas quartas de final da edição atual, no Maracanã, quando o Athletico sofreu um bombardeio do time da casa, mas segurou o empate por 0 a 0.

Leia Também:  Corinthians é superado pelo Peñarol por 2 a 0, na primeira partida em casa pela Sul-Americana.

 

Marcelo Cortes / Flamengo

 

Para alcançar sua nona semifinal, Scolari terá que vencer em casa o Flamengo – ou, em caso de novo empate, superar o rival nos pênaltis. O confronto terá um elemento extra, já que na última rodada do Brasileirão, as duas equipes se enfrentaram e o resultado foi uma goleada por 5 a 0 em favor do time carioca. Mesmo com times reservas em campo, Felipão admitiu que o resultado pode abalar psicologicamente seu elenco.

“Não vai ser terra arrasada, mas é um resultado que temos que pensar um pouco mais. Ver o que podemos tirar de bom para o jogo da classificação. Pode ter efeito psicológico, com time abalado. Temos que pensar que é um jogo diferente, em casa e com outros atletas. Vamos tentar que não seja perturbador”, disse o experiente treinador de 73 anos.

No provável último trabalho da carreira – ele mesmo já afirmou que deve se aposentar ao final da temporada -, o campeão mundial com a seleção brasileira em 2002 também está vivo em outras competições. Na Libertadores, o Athletico está na semifinal, onde vai encarar o atual bicampeão Palmeiras, justamente um dos clubes marcantes na carreira de Felipão. Já no Brasileiro, o Furacão ocupa a quinta posição.

Leia Também:  Agora é Lei: Publicação na Internet da lista de espera dos pacientes na rede pública de saúde
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA