Dólar Comercial
CUIABÁ
  ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NA CAPITAL

Prefeito descarta novo fechamento do comércio e decidirá com comitê sobre outras medidas

Publicados

NA CAPITAL

Em live em suas redes sociais, na noite dessa terça-feira (11), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), descartou a adoção de medidas de fechamento de setores comerciais por conta do aumento de casos de Covid-19, em Cuiabá. “Fechar o comércio não cabe mais, nem a sociedade aguentaria. Fechar Cuiabá jamais.
Com a imunização avançando, a população tem reagindo bem ao avanço Covid-19. A nova variante ainda não chegou. Estamos resistindo graças a imunização da população, tanto em relação a influenza, como a Covid”, afirmou o prefeito. 

Na transmissão, o prefeito disse que foram 100 hospitalizações entre dezembro e janeiro por conta de sintomas gripais. Mas, segundo ele, não há internações por conta da variante Ômicron. O prefeito reforçou o pedido aos cuiabanos para que pessoas que apresentam sintomas gripais procurem ajuda médica em unidades básicas de saúde e nos centros de saúde do próprio bairro.

Emanuel Pinheiro disse que ainda vai se reunir com o comitê de enfrentamento ao coronavírus para decidir sobre a edição de decreto prevendo a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos. A medida foi revogada em novembro pelo então prefeito em exercício, José Roberto Stopa (PV).

Leia Também:  Previsão de chuva durante o dia para esta sexta feira em Cuiabá

Emanuel ainda falou sobre o pedido de reabertura do Centro de Triagem da Arena Pantanal feito ao governo do estado, segundo Emanuel Pinheiro. “É minha função pedir isso ao governador. Reafirmo minha preocupação com a pressão na saúde, com o aumento de casos de Covid-19, com o aumento dos casos da variante da H3N2. Isso pressiona Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Policlínicas. UBS trabalham direto, sem parar para almoço”, disse.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NA CAPITAL

Agência do INSS em Cuiabá fica sem atendimentos

Publicados

em

A agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que fica no bairro CPA 3, em Cuiabá, teve os serviços interrompidos nesta terça-feira (17) sem comunicação prévia e segurados reclamam o descaso e a falta de comunicação por parte do órgão.

Os segurados que estavam com os atendimentos agendados ficaram por horas na porta da unidade aguardando pelo atendimento, mas o instituto não tinha nenhum funcionário, e foram informados pelos vigilantes do local que os serviços estão interrompidos a mais de 30 dias e que os mesmos deveriam entrar em contato por telefone para obter  maiores informações.

O INSS foi procurado mais não informou os motivos do não atendimento na agência do CPA 3 e que todos os segurados serão reagendados para uma nova data de atendimento.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cerca de 500 ciclistas participam do primeiro Pedal Ecológico da Semob; projeto arrecada meia tonelada de alimentos
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA