Dólar Comercial
CUIABÁ
  ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ELEIÇÕES 2022

PSDB segue indefinição sobre candidatura própria ou apoio a Mauro Mendes

Publicados

ELEIÇÕES 2022

O PSDB ainda não decidiu se vai apresentar candidato ao governo do estado ou se manterá apoio a Mauro Mendes (DEM), caso ele decida pela reeleição na disputa eleitoral deste ano. Também não fechou acordo com nenhum dos atuais pré-candidatos ao Senado ou definiu um nome da própria sigla. A informação foi confirmada pelo deputado estadual Wilson Santos, nesta quinta-feira (13), em entrevista à rádio CBN Cuiabá.

De acordo com o tucano, que é candidato à reeleição, o partido está focado na formação de chapas proporcionais. Afinal, são 8 vagas na Câmara dos Deputados e 24 na Assembleia Legislativa.

“O PSDB até o momento, não tem candidato ao Senado nem ao Governo. Nenhum filiado manifestou o desejo de disputar estas duas posições. O partido está se movimentando para formar uma chapa forte para deputado federal e estadual. Tudo será definido nas convenções”, disse.

Sobre novas filiações, o deputado deixou escapar o convite feito ao secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto Dois a Um. Ele já anunciou interesse em disputar uma vaga no parlamento estadual.

Leia Também:  Progressista Vanderlúcio Rodrigues na disputa por cadeira na AL, tende sufocar Paulo Araújo na capital

“Já disse a ele que ‘a história da Secel se divide em duas partes: antes e depois do Beto. O que ele produziu num curto espaço de tempo é inacreditável. As bases do setor produtivo-cultural, em particular, da música, o querem como candidato. É jovem, sangue novo, inteligente, ficha limpa. Fizemos o convite e ele está avaliando”, disse.

Vale lembrar que ainda em 2021, o PSDB confirmou a candidatura de João Dória, governador de São Paulo, à presidência da República.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ELEIÇÕES 2022

Pré-candidatos tem até o final de janeiro para deixar a gestão, afirmou o Prefeito EP

Publicados

em

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que os secretários municipais que quiserem ser candidatos nas eleições de 2022 devem deixar a gestão até o dia 31 de janeiro. Segundo Pinheiro, para trabalhar como seu staff é necessário estar com a atenção voltada totalmente para Cuiabá, e uma pré-candidatura teria interesses conflitantes.

Até agora, de acordo com Emanuel, quem manifestou desejo de sair candidato foram os secretários Vanderlúcio (diretor presidente da Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana, Limpurb), Luís Cláudio (secretário de Governo), Edilene (secretária de Educação) e Juares Samaniego (secretário de Mobilidade Urbana).

“Até agora ninguém tinha confirmado, nessas duas últimas semanas apareceram alguns mais propensos a serem candidatos e já dei o prazo, é 31 de janeiro. Isso não vou abrir mão, independente de qualquer composição. Tem o Vanderlúcio, o Luis Cláudio, a Edilene, mas ela me disse que está assim… então acho que ela não. O Juarez estava mais empolgado, agora não está tanto, então são os nomes que estão surgindo, mais focado em Vanderlúcio e Luís Cláudio”, explicou Emanuel na noite da última segunda-feira (17).

Leia Também:  Policial civil é vice-campeão de Jiu-jitsu em campeonato nacional no Rio de Janeiro

Segundo o prefeito, a conversa com Luís Cláudio deve acontecer após as férias do secretário, e não há possibilidade de extensão do prazo. “Quem quiser, tiver um projeto, plano para ser candidato tem todo o direito, eu só pedi que não continuasse na gestão para não confundir as coisas. Porque queira ou não queira, quando você é candidato, a gestão acaba ficando em segundo plano ou se confundindo com o cargo, e a missão que eu tenho de ser um gestor de Cuiabá, de gerir os destinos do povo cuiabano e da minha cidade é prioridade absoluta, então não existe meio termo para administrar Cuiabá, é 100% Cuiabá”, disse.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA